Fundação Baiana de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico, Fornecimento e Distribuição de Medicamentos

Imprensa repercute registro na Anvisa do teste rápido Zika NS1

11 de outubro de 2016

Diversos veículos de comunicação deram destaque ao novo teste rápido de diagnóstico de infecção por Zika vírus desenvolvido pela Bahiafarma, baseado na detecção do antígeno NS1. Confira alguns:

Agência Brasil
http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2016-10/bahiafarma-recebe-registro-da-anvisa-para-fabricar-teste-rapido-para-zika

Brasil 247
http://www.brasil247.com/pt/247/bahia247/259685/Bahiafarma-obt%C3%A9m-registro-para-teste-inovador-de-Zika.htm

Exame
http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/bahiafarma-comecara-a-fabricar-teste-rapido-para-zika

Isto É
http://istoe.com.br/bahiafarma-recebe-registro-da-anvisa-para-fabricar-teste-rapido-para-zika/

Jornal do Brasil
http://www.jb.com.br/ciencia-e-tecnologia/noticias/2016/10/10/bahiafarma-recebe-registro-da-anvisa-para-fabricar-teste-rapido-para-zika/

Terra
https://noticias.terra.com.br/brasil/bahiafarma-recebe-registro-da-anvisa-para-fabricar-teste-rapido-para-zika,acd4df42126afa5ac37ae88c251a94b7zs1polog.html

BOL / UOL
http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/brasil/2016/10/10/bahiafarma-recebe-registro-da-anvisa-para-fabricar-teste-rapido-para-zika.htm

Bahia Notícias
http://www.bahianoticias.com.br/noticia/197434-bahiafarma-recebe-mais-um-registro-para-fabricar-teste-rapido-do-zika.html

iBahia
http://www.ibahia.com/detalhe/noticia/laboratorio-da-bahia-recebe-mais-um-registro-para-fabricar-teste-rapido-do-zika/?cHash=1a1e0052eee410c93a7aa4b6247c653a

Aratu Online
http://www.aratuonline.com.br/noticias/novidade-teste-que-promete-rapida-identificacao-de-zika-e-registrado-pela-vigilancia-sanitaria/

O Tempo (MG)
http://www.otempo.com.br/capa/brasil/bahiafarma-recebe-registro-da-anvisa-para-teste-r%C3%A1pido-para-zika-1.1383784

O Povo (CE)
http://www.opovo.com.br/noticias/brasil/2016/10/bahiafarma-recebe-registro-da-anvisa-para-fabricar-teste-rapido-para-z.html

Voltar