Fundação Baiana de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico, Fornecimento e Distribuição de Medicamentos

Bahiafarma e Indar iniciam projeto de instalação de fábrica de insulina na Bahia

15 de setembro de 2017
Visita Indar44

Em conjunto com técnicos e gestores do laboratório baiano, comitiva ucraniana inicia planejamento para construção da nova unidade

Menos de 20 dias depois da visita da comitiva brasileira, liderada pelo governador da Bahia, Rui Costa, à Ucrânia, para a assinatura do termo de compromisso para a transferência de tecnologia entre a Indar e a Bahiafarma para produção de insulina, uma comitiva da empresa ucraniana passou a semana na Bahia, para iniciar, em conjunto com técnicos e gestores do laboratório baiano, a elaboração do projeto de instalação da fábrica de insulina no Estado.

Nesta sexta-feira (15), os primeiros resultados da visita técnica foram apresentados, em uma reunião que contou com as presenças do secretário da Saúde do Estado e presidente do Conselho Administrativo da Bahiafarma, Fábio Vilas-Boas, do vice-presidente da Indar, Kheilomskyi Oleksandr, e o diretor-presidente da Bahiafarma, Ronaldo Dias. “O governador solicitou que trabalhássemos com máxima celeridade na construção dessa unidade e estamos empenhando todos os esforços nesse sentido”, afirma Dias.

Após a apresentação dos projetos iniciais, os gestores, acompanhados pelas equipes técnicas da Bahiafarma e da Indar, conheceram as instalações atuais do laboratório público baiano, as obras de ampliação que já estão sendo realizadas e as áreas que vão receber a unidade de produção de insulina. “O governo da Bahia está à disposição para apoiar esse projeto em tudo o que for preciso”, garantiu o secretário Fábio Vilas-Boas.

Fornecimento
O Ministério da Saúde (MS) aprovou o projeto de produção de insulinas da Bahiafarma, por meio da Portaria 1.993, publicada no Diário Oficial da União em 3 de agosto. Com a publicação, o laboratório público do Estado da Bahia passou a estar apto a fornecer o medicamento ao Sistema Único de Saúde (SUS).

A aprovação ratificou a participação da Bahiafarma como um dos fornecedores de insulinas ao MS, consolidando a redistribuição dos projetos de Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo (PDPs) para produção do medicamento no País, definida por meio da Portaria número 551, publicada no Diário Oficial da União em 21 de fevereiro. Pelo documento, a Bahiafarma passará a ser responsável pelo fornecimento de 50% da demanda de insulinas do ministério.

Para a produção de insulinas, a Bahiafarma tem como parceiro o laboratório ucraniano Indar, um dos líderes mundiais na produção de insulinas. “É uma empresa que atua exclusivamente em pesquisa e produção de insulinas há mais de 15 anos e é reconhecida por utilizar tecnologias inovadoras, além de realizar operações em diversos países”, ressalta Ronaldo Dias.

A Indar também se destaca por atender aos rigorosos requisitos regulatórios brasileiros – sua unidade de produção já possui o Certificado em Boas Práticas de Fabricação (CBPF) e as insulinas NPH e Regular já têm registros na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Fábrica
A parceria entre Bahiafarma e Indar prevê a instalação da fábrica de insulinas na planta da Bahiafarma em Simões Filho (BA), na região metropolitana de Salvador. “Uma fábrica de insulinas é uma unidade de alta tecnologia, que poucos laboratórios detêm, e estamos dando todos os passos para atingir a excelência na instalação desta unidade”, afirma o executivo. “A Indar tem todo o know-how para nos auxiliar neste processo, que vai resultar na mudança de patamar da indústria farmacêutica no Norte-Nordeste brasileiro, com atração e formação de mão-de-obra altamente qualificada.”

Voltar